Apresentação

O objetivo geral do I Fórum de Saúde Mental da comunidade UFSC é estimular discussões acerca da saúde mental entre os diferentes atores que constituem a população da UFSC a partir da perspectiva de uma universidade saudável e promotora de saúde. A partir dessas discussões será construído um documento com as ações, demandas e propostas que surgirem nos grupos de trabalho que servirá como base para um trabalho de desenvolvimento de uma frente de Saúde Mental na UFSC. Essa frente dará seguimento ao trabalho de desenvolver ações voltadas a prevenção, cuidado e promoção da Saúde Mental, além de apoiar e articular ações já existem com esse mesmo viés, seguindo o movimento institucional da Universidade Federal de Santa Catarina de criação de uma política de Saúde Mental.

 

O evento terá como principal recurso para captação de informações – entre elas ações, demandas e propostas – os grupos de trabalho.  Cada grupo de trabalho abarcará um tema específico e terá um mediador responsável por organizar e registrar o trabalho de cada grupo. Além disso acontecerão palestras com o objetivo de estimular os participantes dentro das discussões relativas ao fórum. A ideia é o que o evento aconteça no espaço do CFH e do CCS, utilizando os auditórios e salas disponíveis. Para a escolha dos temas estão sendo utilizados os bancos de dados disponibilizados pelo DAS, além do mapeamento de ações que explicitem algum tipo de sofrimento ou que buscam a promoção de saúde dentro da universidade. Estão sendo produzidos eventos anteriores e vinculados ao Fórum como por exemplo o I Ciclo de Saúde Mental do campus Araranguá e o evento “Repensando a Saúde Mental” que aconteceu no CSE, com o objetivo de captar informações para o desenvolvimento dos eixos temáticos mais pertinentes, além do início do processo de ampliação das discussões à cerca da Saúde Mental e com o ideal de desenvolvimento de uma Universidade Saudável. Para a divulgação e captação de informações diretas dos diferentes atores da comunidade estão sendo utilizadas diferentes redes sociais como facebook, instagram e a própria página da UFSC.

 

Diversas expressões de sofrimento psíquico estão se manifestando dentro da UFSC. Casos de depressão, ansiedade, suicídio, afastamentos por questões relacionadas a saúde mental, entre outros, se tornam cada vez mais presentes dentro do cotidiano universitário. A necessidade de levantar essa discussão é urgente. Movimentos de diferentes setores da universidade já se mostram presentes. Coletivos, Grupos de pesquisa, Núcleos entre outros movimentos que buscam levantar questões referentes a defesa dos direitos humanos e da saúde mental de diferentes grupos são numerosos, porém desarticulados. A UFSC entrou no ano de 2018 na rede Ibero-americana de universidades promotoras de saúde, mostrando o interesse e necessidade do desenvolvimento de ações voltadas a promoção de saúde, entre elas a saúde mental, dentro da Universidade. A reitoria na semana da luta antimanicomial se comprometeu em levar para frente a proposta – desenvolvida por profissionais, técnicos-administrativos e estudantes – de criação de uma comissão de saúde mental e desenvolvimento de uma política de saúde mental para a universidade. Seguindo esse movimento o I Fórum SMUFSC busca estimular os diferentes atores da comunidade UFSC a participarem também desta construção.

 

Espera-se que esse documento e outros produtos, como a própria página, produzidos pelo evento possam ser utilizados tanto pela instituição como base para o desenvolvimento de ações e de uma política de saúde mental para universidade, quanto pelas próprias pessoas componentes da comunidade UFSC para autoaperfeiçoamento e cuidado mútuo dentro da universidade. Além disso esperasse que após esse Fórum temas e questões que são segregadas e invisibilizadas possam estar em ampla discussão e explícitas para comunidade. A ideia é que o evento não acabe em seu encerramento, mas sim dê início a um processo de renovação das questões a serem levantadas, discutidas e mobilizadas por meio de ações dentro da comunidade com o intuito de promover uma universidade saudável.

 

A abertura do evento será no dia 03/10 das 18:30 às 22:00. Os grupos de trabalho ocorrerão nos dias 04/10 e 05/10 das 08:00 às 12:00. No período da tarde dos dias 04 e 05 ocorrerá das 13:30 às 15:30 a elaboração de um documento informando o que cada grupo de trabalho desenvolveu durante a manhã e das 16:00 às 18:00 serão apresentados aos demais participantes do evento os principais pontos desenvolvidos por cada grupo. Na cerimônia de abertura acontecerá uma conferência com a temática Universidade Saudável. No dia 04 das 18:30 às 22:00 acontecerão mais duas palestras estimuladoras. No dia 05 das 18:30 às 22:00 acontecerá o encerramento do evento, a plenária final e a última reunião da comissão organizadora.